Boletim nº01 -Monitoramento da atuação do poder público com comunidades e grupos vulnerabilizados no contexto da pandemia.


Diante do efeito devastador que a pandemia e crise social provocadas pela COVID-19 está tendo nas populações que vivem em comunidades e territórios periféricos ao redor do Brasil, dezenas de entidades, coletivos, movimentos e organizações da sociedade civil se uniram para criar uma articulação nacional para monitoramento da atuação do poder público no contexto da pandemia. Estas entidades estão presentes em diversos territórios periféricos do Brasil e veem com muita preocupação a falta de ações específicas do poder público para garantir a segurança, saúde e dignidade da população.

Para além de visibilizar as omissões do poder público no combate ao COVID-19 nas periferias e grupos vulnerabilizados, o monitoramento também embasa a definição de pontos prioritários para incidência política e ação local junto a importantes órgãos como defensorias públicas e ministério público.

Saiba mais sobre esta iniciativa acessando o Boletim nº01 aqui.

Quanto mais pessoas, entidades e territórios estiverem participando, mais forte será nossa incidência coletiva. Se você deseja participar do processo de monitoramento, entre em contato através do e-mail comunicacao.fnru@gmail.com ou acesse as ferramentas de pesquisa contidas no PDF.